Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

UM ANJO VESTIDO DE MULHER

Sempre acreditei na existência dos anjos. E também creio que muitos deles aparecem-nos em forma humana: “Não negligencieis a hospitalidade, pois alguns, praticando-a, sem o saber acolheram anjos” (Hb 13.2). São seres espirituais enviados por Deus para proteger-nos. Mensageiros com a incumbência de servir aos santos. Uma tradição judaica diz que cada ser humano tem um anjo com as características do resguardado: “reconhecendo a voz de Pedro, tão alegre ficou, que nem o fez entrar, mas voltou correndo para anunciar que Pedro estava junto do portão. Eles lhe disseram: Estás louca. Ela, porém, persistia em afirmar que assim era. Então, disseram: É o seu anjo.” (At 12.14,15). Jesus diz que as crianças têm anjos que vêem a face do Pai: “Vede, não desprezeis a qualquer destes pequeninos. Pois eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre veem a face de meu Pai que está nos céus”. (Mt 18.10, grifo nosso).

A verdade é que alguns casais esperam ter filhos. Mas os meus avós maternos tiveram um a…

COMUNHÃO É MAIS QUE BOLO E CAFÉ

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.” Atos 2.42

Uma das características da Igreja Primitiva era a comunhão. Comunhão significa “compartilhar ou ter tudo em comum”. Na caminhada da fé cristã a comunhão está profundamente ligada. Não existe divórcio nem dicotomia entre fé cristã e comunhão. A comunhão sem caminhada cristã, ou caminhada cristã sem comunhão deixa de ser koinonia para ser koinonite (koinonia refere-se à comunhão fraternal, enquanto que koinonite refere-se a uma doença relacional). A comunhão anda de mãos juntas com a jornada cristã. É uma condição indispensável para o caminhar com eficiência e eficácia.

A nossa comunhão com Deus depende muito de nossa comunhão com o próximo. A Bíblia diz que para recebermos o perdão de Deus, antes, precisamos perdoar o nosso próximo: “se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas” (Mateus 6.15). As Escrituras Sagradas também afi…