O Valor Inestimável da Pregação


A pregação é o fundamental meio de graça. É a ocupação primordial da Igreja e do proclamador do Evangelho. É a baliza essencial da verdadeira Igreja. É o meio pelo qual o Reino de Deus é acessível ou fechado aos pecadores. A mesma não pode ser desprezada. A igreja cresce ou diminui por causa da pregação. Daí, a importância e o valor da pregação. A pregação deve ser feita para a glória de Deus, para a edificação da Igreja e para a salvação dos pecadores.
A pregação da Palavra de Deus não é um privilégio exclusivo de pastores ou pessoas que estudaram num seminário teológico. Pelo contrário, ela está ao alcance de cada cristão que se prepara espiritual, moral e intelectualmente segundo o padrão das Escrituras. Ser um pregador do Evangelho não é uma opção, mas um mandamento divino (Mt 28.19-20).
Deve-se sustentar a viabilidade da pregação como meio escolhido por Deus para ser anunciado. Pregar é anunciar a salvação de Deus em Jesus Cristo. Os métodos são diversos, e não podem ser limitados, contudo nunca se deve abrir mão da fidelidade às Escrituras. O pregador deve considerar alguns pontos em sua mensagem:

1. Autoridade bíblica.
2. Cristocentricidade do sermão.
3. Espiritualidade e preparo do pregador.
4. Clareza e objetividade na ministração.
5. Exegese, relevância e contemporaneidade da mensagem.
6. Criatividade na comunicação. Etc.

O mais importante na pregação é a lealdade às Escrituras. Deus não tem compromisso com as palavras do pregador, mas com as palavras das Escrituras. Assim, pregador é aquele que “repete”, comunica e prega a Bíblia. A Palavra de Deus não volta vazia, e, portanto, não se deve desprezar o valor inestimável da pregação.

Nos laços do Calvário que nos une,
E no amor Daquele que disse “Ide, pregai, e fazei discípulos”,
Rev. Luciano Paes Landim

Comentários

  1. Sandra Sampaio dos Santos23 de maio de 2011 11:49

    Pregar a palavra
    A pregação da palavra é tão importante e tem como objetivo explicar a vontade de Deus.É muito importante que nós Cristão pregue a palavra a todas as pessoas. Como Cristãos preguemos a salvação em Cristo Jesus.
    Louvado seja o Senhor...pois ele usa seus servos para poder edificar a vida de muitos.

    ResponderExcluir
  2. Querida irmã Sandra Sampaio, graça e paz!
    A ministração do Evangelho é um privilégio e dever de cada crente convertido. É uma graça de Deus concedida a cada cristão. Portanto, o seu pensamento está correto: "É muito importante que nós Cristão pregue a palavra a todas as pessoas". Como alguém disse: "O Evangelho não é somente para consumo interno, mas também para exportação". A pregação tem como objetivo: 1) A glória de Deus; 2) A edificação da Igreja e 3)A salvação dos pecadores.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários:

Postagens mais visitadas deste blog

A IMPORTÂNCIA DA FIDELIDADE DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS

ESTRATÉGIAS DE EVANGELIZAÇÃO URBANA (Parte 01)